17 de Novembro de 2009

O nosso ilustre cidadão Vilabonense, Joaquim Ferreira Santana, foi um dos escolhidos para fazer parte da Comissão Municipal de Toponímia. Fiquei feliz com a notícia porque Joaquim Ferreira Santana ( que eu e quase todos os meus familiares apoiamos,participando nos seus comícios e caravanas em 1983 ) é um grande amigo de António Ferreira Soares - acabei agora de ver um vídeo de uma homenagem prestada por emigrantes em 20 de Agosto de 1989 ao presidente da junta de então,António Ferreira Soares,em que o Senhor Santana,num discurso de 17 minutos,teceu os mais rasgados elogios ao presidente e amigo- por isso, podemos estar descansados porque o nome de António Ferreira Soares não vai saír do pavilhão gimnodesportivo porque, para isso, contamos com o grande poder de persuasão do Senhor Santana. UF !...Que alívio !!!

publicado por ANTÓNIO OLIVEIRA às 16:42

o mestre:
toponimia é uma coisa, não confudir com nomes de edificios de utilidade publica.
sr. antónio podia referir as obras grandes feitas no mandadt desse ser. (29 anos), e comparar por exemplo com abragão?
18 de Novembro de 2009 às 12:56

Senhor O Mestre.
Em primeiro lugar,a forma como se refere a António Ferreira Soares tratando-o por esse senhor,é uma forma depreciativa.Eu acho que esse senhor,como você diz,deveria merecer-lhe um pouco mais de respeito.
Em segundo lugar,e respondendo à sua pergunta,se o senhor Mestre tivesse a minha idade saberia qual foi a obra material e a obra humanitária do Senhor António Ferreira Soares,mas vou dar-lhe alguns exemplos:A construção de muitos quilómetros de rede viária - lembro aqui que não tínhamos nem um metro de estrada alcatroada,à excepção da estrada nacional 211 que passa em Agrela - a construção do Centro Cívico,o campo de futebol,o pavilhão gimnodesportivo,alagou uma casa que lhe pertencia em frente à motorista da junta Ana Maria para alargar a estrada naquele local,deu terreno para a ampliação da sede da banda,continua a fornecer a água para a sede da banda(gratuitamente),ajudou à criação do rancho de Santo André e à contrução da sua sede(inclusivamente foi ele que pagou a abertura de um furo de água que a abastece ),foi presidente da direcção da Banda de Música durante muitos anos,dava subsídeos a todas as colectividades da nossa terra ( coisa que a última junta não fazia ),conseguiu trazer para a nossa freguesia uma extensão do centro de saúde do Marco,construção da escola de Lordelo e dos infantários, ajudou à construção da pista do motorclube,ajudou à construção do campo de tiro e etc.etc.etc.Quanto à obra humanitária ( à qual eu dou ainda mais valor do que à obra material ) informe-se junto da população de V.B.de Quires que foi quem muito beneficiou dela.
Respondi à sua pergunta ?
18 de Novembro de 2009 às 14:41

o mestre:
quando escrevi esse sr. não foi para ofender a pessoa em questão.
quanto as obras que referiu, a pavimentação de estradas isso é normal, construção do campo de futebol existem em todas as freguesias "até maureles", pista de moto-cross?, infantarios? sem equipamentos adequados " aquecimento, cozinhas etcc...", ajudas as colectividdades? o futebol parou mais de uma dezena de anos, pavilhão gimnodesportivo sem condições senão pergunte a quem o frequenta., deu um bocado de terreno para estrada e construção da banda, muita gente pobre deu sem receber nada em troca, extensõa de saúde foi no mandadto dele que acabou essa mesma extensão.
mais importante, ficou em silencio quando a freguesia fou aldrabada com a agua e saneamento, andaram a arrebentar estradas e ele foi cumplice da vergonha que fizeram nas nossas estradas.

bombeiros? c+s ? nada por isso digo para voce nos comparar com outras freguesias, abragão, vila caiz etc...
18 de Novembro de 2009 às 14:54

Quanto aos bombeiros,pergunte a Vale Pinto porque é que foram para constance porque ele naquela altura era o seu vice-presidente.Quanto a pavilhões gimnodesportivos,quantos existem no concelho do Marco ? Porque será que vem gente de outras terras jogar no nosso pavilhão ? o futebol em V.B.de Quires esteve parado, e em Abragão e na Sobreira que são vilas ? Pistas de motocross,quantas conhece no concelho do Marco ? Falta de equipamentos nos infantários,a anterior junta por acaso remediou a situação ? Não foi a anterior junta que andou a apresentar-nos o doutor Reis Melo como nosso médico de família ? Não foi a anterior junta que também nos prometeu água e saneamento ? E a EB 2,3 Que a anterior junta prometeu ? Quanto às estradas,o senhor refere que isso é normal,pois...
as estradas fazem-se por um Passe de Mágica !
18 de Novembro de 2009 às 15:44

o mestre:
o vale pinto era tesoureiro, mas pode perguntar-lhe porque os bombeiros não vieram era o presidente da junta qe havia de criar condiçoes para tal, e para a c+s, porque com o saneamento que ele ajudou a impingir aos vilabonenses " e sabe daquilo que falo que passa a sua porta", nenhum ministerrio publico investe em vila boa de quires, excluindo o ministerio publico mas por outras razoes.
uns pequenos exemplos da governação do exemplo vivo;
parque infantil em romazelhas?
correto de s.sebastião?
funcionamento do centro civico?

junta anterior em 4 anos;
paragens dignas de autocarro "copiadas pelos concelhos vizinhos"
obras para cemitério ficar digno
,98% das criançacas almoçam nas escolas graças as obras desta mesma junta.
arttamega em vila boa de quires, acreditada pelo ministerio da educação.
estradas para chegar a todas as casas.
uma carrinha nova para transporte.
requlificação do centro civico, caixa multibanco (2)
casas de banho em s.sebastião.
obras no campo de futebol e apoios.
subsidios a todas as associaçoes.
começo das obras do centro de dia.

imagine uma junta dinamica como esta, 29 anos no poder.
18 de Novembro de 2009 às 19:40

Caro Mestre.
O centro de dia não era para já estar a funcionar há muito ?
O Motorclube não recebe nenhum subsídio da junta;
Obras nos balneários do campo de futebol feito por Ferreira Soares;
Requalificação do Centro Cívico feito por Ferreira Soares;
Comprou-se uma carrinha mas arrumou-se com um autocarro;
ARTÂMEGA, projecto da ACADES ( Banda de Música ) de que Manuel Moreira se apropriou e que funciona no Centro Pastoral que não é gerido pela junta ;
Obras feitas nas escolas e infantários feitos no tempo de Ferreira Soares ;
O coreto era feito em cimento com cobertura de zinco e não tinha capacidade para no mínimo 60 músicos.
Já reparou que das promessas feitas pela junta anterior,só foi cumprida a dos abrigos das paragens de autocarro ?
18 de Novembro de 2009 às 21:15

o mestre:
o sr. nao sabe o que diz.
o centro civico ? foi o antonio soares
obas de mlhoramento?
artamega? equipamentar as cozinhas da escola?
o sr, mente.
19 de Novembro de 2009 às 10:50

O Mestre por acaso interpretou bem o que eu escrevi ? Leia por favor outra vez e veja que o senhor não compreendeu nada do que lá está escrito. Vou dar-lhe só um exemplo da sua má interpretação : Obras feitas nas escolas e infantários feitos por Ferreira Soares ; As escolas e infantários é que foram feitos no tempo de Ferreira Soares,não estou a referir-me às obras recentes de beneficiação dessas mesmas escolas e infantários. Você refere-se ÀS OBRAS - género feminino, eu refiro FEITOS por Fereira Soares - género masculino. A má compreenção da sua parte reside aí. Eu se calhar deveria ter colocado uma vírgula entre as palavras INFANTÁRIOS e FEITOS daí talvez a sua confusão.
19 de Novembro de 2009 às 13:10

mirone:
Muito Boa Tarde Amigos Foristas.

Fez no dia 09 de Novembro 20 anos sobre a Queda do Muro de Berlim (conhecido por Muro da Vergonha). Festejaram-se 20 anos da liberdade sobre um povo oprimido. Impedido de circular livremente. Sinto-me feliz por eles.
Pena que em Vila Boa de Quires ainda existam muitos Muros Invisíveis por derrubar.
Só derrubando estes Muros Invisíveis se caminhará para a ERA da UNIDADE. O tal Slogan de Campanha do PSD : UNIR VILA BOA DE QUIRES.
Gostava que a queda do muro invisível de Vila Boa de Quires fosse derrubado de uma vez por todas para que ele próprio se transforme em símbolo de um novo recomeço de esperança e de um novo futuro para os Vilabonenses.

Até Já.
18 de Novembro de 2009 às 19:06

Caro Mirone.
Estou em perfeita sintonia com o seu pensamento.Sinto grandes saudades de um passado ainda recente quando a Freguesia de Vila Boa de Quires viveu o melhor período de unidade de que há memória e que coincidiu com a chegada do Padre Barros. Nessa altura toda a população estava irmanada no apoio ao projecto de construção do centro pastoral; Estava irmanada no apoio ao rancho,à banda de música e ao motorclube.Agora,da maneira como as coisas se encontram,penso que já não vai ser possível regressar ao passado. Resta-nos ter saudades de um futuro que eu espero seja risonho!
18 de Novembro de 2009 às 19:44

Sem dúvida, MESTRE é um bom nickname, mestre na arte de criar ilusão.
Não me vou alongar muito nos seus comentários (in)parciais, apenas deixar uma duvida em relação ao ápio a todas as colectividades.
Ou o motor clube Aldeia Rotativa não é uma colectividade, ou não é de Vila Boa de Quires, ou?
Bom olhando bem, a multi-opticas fica a cerca de 10 minutos da nossa freguesia, visite, a primeira consulta é grátis.
18 de Novembro de 2009 às 21:24

Sérgio Carneiro:
Concordo perfeitamente com tudo que o Sr. Mestre disse neste fórum.
Sr. Oliveira diz que só houve a construção das paragens de autocarros? Teremos que fazer uma visita guiada a este nosso companheiro.

O autocarro encostou? Porque será? Por estar em óptimas condições para andar, e o importante, deveria estar em óptimas condições de segurança também.
O Motorclube não recebe nenhumas verbas de ajuda? A Junta de Freguesia não tem dinheiro, vai ajudar uma colectividade que tem um café a ganhar dinheiro?
19 de Novembro de 2009 às 15:45

Ó Sérgio,se quiseres posso mostrar-te as promessas que a anterior junta fez pois tenho aqui uma fotocópia.Dessas promessas todas,só cumpriu duas que foram : Abrigos das paragens de autocarro e alteração de toponímia. Claro que fez mais obras,só que não constavam do programa eleitoral.Quanto ao motorclube ter um café para ganhar dinheiro, o rancho também não tem um café ? e a banda, também não ? Quanto ao autocarro,eu falei no Mês de Agosto com o Zé Fernando ( tio do nosso presisente Fernando Monteiro ) que o conduzia, e ele garantiu que que o autocarro estava em óptimas condições,era só meter-lhe combustível e por-lhe cintos de segurança.
19 de Novembro de 2009 às 16:49

o mestre:
já vai em 2 obras, esta a fugir para a verdade, quanto ao sr. paulo, eu nao sabia que o motorclube nao recebia subsidio.
19 de Novembro de 2009 às 18:50

Toponímia foi uma alteraçao de nomes de lugares,lugarejos,calçadas,vielas etc e a obrigatoriedade da colocação de números de porta,coisa que aconteceu por todo o país já que era obrigatório.
19 de Novembro de 2009 às 19:15

Sérgio Carneiro:
E agora questione-se, será que a Junta de freguesia ajuda essas colectividades?

Certamente saberá aos autocarros que passam na nossa freguesia para transportar os alunos para a escola, os autocarros são da marca Mercedes. Espero que os conheça. Esses autocarros foram retirados das estradas alemãs, e os autocarros são novos (ano 2000, mais ou menos). Sabe porquê? Por que não tem o mínimo requisitos de segurança para os viajantes. O autocarro da freguesia terá então segurança?
19 de Novembro de 2009 às 18:52

O autocarro serviu perfeitamente para passear por grande parte de Portugal o rancho Madeirense da Camacha, porque é que foi encostado logo de seguida ?
19 de Novembro de 2009 às 19:07

mirone:
Muito Boa Noite Amigos.
O Sr Sérgio, bom rapaz, pois conheço-o perfeitamente como ele a mim, tem uns dotes de adivinho que eu gostava de esmiuçar... Então o Sr sabe muito das contas da junta (não tem dinheiro) e das contas do Motor Clube?
Muito bém. Gostei das suas palavras... Não se importava de explicar aos foristas que acessos o Sr tem que as outras pessoas não têm, de modo a ficarmos todos um pouquinho mais esclarecidos?
Já agora, se a junta não tem dinheiro, o que eu não acredito, como se justifica o esbanjamento do vil metal em gastos totalmente supérfulos, como por exemplo com o desfile de S. João?
Já agora, relembrando o assunto das Paragens de Autocarro, que têm a menos as pessoas que vivem no Pombal, nos Quatro Irmãos ou no Prado que aquelas que habitam em S. Sebastião, nos Tapados, na Agrela ou em Lordelo? É que eu acho que têm todos os mesmos direitos a terem paragens de autocarro com abrigos.
Nota: Os abrigos das paragens de Autocarro não são obra da Junta de Freguesia mas sim da Câmara Municipal, confirmou-me o Presidente da Junta de Maureles.

Até Já.
19 de Novembro de 2009 às 18:46

Sérgio Carneiro:
Qualquer cidadão poderá ir à Junta de Freguesia e ver as contas, ou extractos, como poderemos chamar-lhe. Não fui ver, mas pessoas pertencentes à Junta dizem. Mas se o Sr. quiser, poderá sempre ir verificar, basta deslocar-se à Junta de Freguesia.
As paragens de autocarro foram obra da nossa Junta, as que são obras da Câmara, estão a ser construídas em algumas partes do concelho pois ja vi em algumas freguesias.
Quanto ao que o Sr. tentou transmitir sobre as paragens abrigarem ou expandir-se uma maior parte da freguesia, incrivelmente concordo consigo.
Já que o Sr. conhece-me perfeitamente, como diz, poderá saber que sou um jovem ainda "pouco" integrado na politica como o Sr. está. nesse caso, gostaria de saber quem seria o Sr. para esmiuçar esses seus dotes.

Boa noite.
19 de Novembro de 2009 às 18:59

bom, esta resposta Sérgio foi tudo menos equilibrada.
Então a banda de vila boa de quires não tem na sede um café?
O rancho tem um bar para que?
mas essa forma de pensar, são ainda fragmentos dispersos incutidos pelo executivo cessante,
acredito na boa fé de Fernando Monteiro, e que a verdade e justiça serão repostas.
Quanto á resposta que dei ontem ao Mestre referi-me ao problema de visão apenas como uma metáfora no contexto do post, nunca querendo ofender o homem (mulher) que esta por detrás.
19 de Novembro de 2009 às 22:10

Posts mais comentados
16 comentários
12 comentários
links
Visitantes
EM LINHA
Você Está Aqui